segunda-feira, 7 de março de 2011

Suriname na visão de uma Brasileira

Hoje resolvi fazer uma postagem desse país que me acolhe desde 16 de janeiro de 2009, o Suriname.



Aqui era a Guiana Holandesa, antiga colônia de holandeses, que depois de conseguir sua independência em 1975 passou a se chamar Surinam ou Sranam. Está situada entre as Guianas Inglesa e Francesa. Ao contrário do que muitos pensam, quem nasce no Suriname é Surinamês e não Surinamense como falam.
A língua neerlandesa é a língua oficial do Suriname. Os surinameses também falam outras línguas como o javanês e o indonésio, e o hindi, último muito utilizado pela parcela hindustani da população, além do sranan ou surinamês, idioma crioulo (que chamamos de tac-tac) desenvolvido no país a partir do inglês, com influências do neerlandês, do português e de idiomas africanos. Os habitantes ameríndios originais, caribes e aruaques,  falam as suas próprias línguas, e o mesmo acontece com os descendentes dos escravos fugitivos que se estabeleceram no interior do país, como o aucano (n'Djuga) e o saramacano.
O inglês é também bastante utilizado, principalmente em instalações orientadas para o turismo.
Os javaneses, são descendentes da Indonésia, os Hindustanos são oriundos da Índia, os Crioulos ou Marrons são descendentes de Africanos e os Surinameses são os nativos do Suriname. Mas aqui há também outros povos, como chineses e brancos.
Os chineses já ocupam uma grande parte dos mercados do Suriname. É uma diversão comprar em lojas chinesas. Toda semana tem novidade!! Há produtos excelentes como também produtos praticamente descartáveis de péssima qualidade. Por isso dá um pouco de trabalho escolher o que comprar. Aqui em casa, quando alguma roupa se rasga, meu filho fala: "é chinesa!!", rsrsrsrsrsss.

Educação
Os surinameses tem certos costumes inquebráveis. Como por exemplo: as escolas só funcionam pela manhã. A tarde só mesmo faculdade. Todas as crianças frequentam escola no mesmo turno e todas as fardas das escolas estaduais são exatamente iguais. Na escola não se ensina o Tac-tac, apesar de ser uma língua que quase toda a população fala, ela é considerada a língua dos negros e algumas raças se recusam a falá-la. em especial os hindustanos.



Meus filhos Matheus e Joanne com a farda da escola.

Na escola não se brinca não, em cada sala de aula ficam duas professoras adeptas de um ensino rigoroso. Apesar de minha filha chegar sem saber o idioma, eles não ofereceram nenhuma vantagem a ela, pelo contrário, teve que se virar pra aprender rapidamente, pois nunca saiu uma palavra em português da boca de uma professora, no início ela contou com o apoio de uma coleguinha brasileira chamada Rebeca, que traduzia as coisas pra ela.  Em compensação a Joanne com 6 anos fala muito bem holandês, já escreve, soletra palavras e faz contas de matemática, agora ela que ajuda novos brasileiros na escola. Com meu filho Matheus já foi um pouco diferente. Como ele já tinha passado a fase de alfabetização, primeiro teve que fazer aulas particulares pra aprender o idioma, pra depois ir para a escola. Hoje ele já acompanha tudo normalmente e é um aluno muito elogiado pelas professoras.
Ahh o horário de aula aqui começa as 7:40h da manhã (aqui é o mesmo horário de Brasília, sem horário de verão) e termina as 12:20h. O ano letivo também é diferente, inicia em Outubro e encerra em Agosto. As férias até hoje eu ainda não consegui entender, acho que a cada 3 meses tem 15 dias de férias, bom né? As escolas tem estrutura simples e educação física é no sol quente mesmo, uma vez por semana. Quadra aqui eu nunca vi, deve ter em algum estádio que eu não conheço.

Brasileiros no Suriname
Os brasileiros no Suriname fazem a festa! Pintam e bordam na verdade. Poucos se preocupam em fazer as coisas de acordo com as normas do país. O governo facilitou e muito para que os brasileiros tivessem a permanência no país, mas muitos não fizeram e ainda não fazem questão de estarem aqui legalmente. O que prejudica a imagem dos brasileiros. Aqui, brasileira é puta garota de programa e brasileiro é garimpeiro, na visão deturpada dos ignorantes. Como em qualquer outro lugar, no Brasil e no mundo, aqui tem diversas formas de trabalho. Mas como a fonte aqui é OURO, então as mocinhas vem se prostituir em busca do metal dourado. Diferente do que se mostra nas reportagens, muitas, quase 100% estão aqui por que querem e não obrigadas por donos de clubes e cabarés. Elas andam na cidade à solta. O que daria pra voltar pro Brasil na hora que quisessem, mas elas não vão.
Eu trabalhei em uma compra de ouro, foi aí que eu conheci dinheiro na minha vida e ouro!!!
 
Dólares, muitos dólares!



Brasileiros no garimpo, lavando a terra.
Acho que as emissoras de tv deveriam fazer uma reportagem mostrando a quantidade de brasileiros que se dão bem nessa atividade de garimpo, ao invés de falar mal dos países que acolhem e dos brasileiros que buscam no país alheio o que não conseguem encontrar em seu próprio país. Fica aqui o meu protesto!

Culinária
 Não posso deixar de falar das comidas que já experimentei por aqui. Pra começar Surinamês raramente come carne. Eita povinho pra gostar de frango e batata! Até que dá de comer. Eles fazem um feijão doce que até hoje não tive coragem de experimentar. Ahh tem também um tempero muito famoso aqui no Suriname chamado Massala, é um pouco parecido com cominho, é bem amarelo. Deixa um sabor bem diferente do tempero brasileiro. Junto com a massala eles colocam pimenta, mas é uma pimenta inteira mesmo, não é pimenta-do-reino. Eles fazem frango na massala, carneiro na massala... tudo que vier na cabeça na massala, hehehehe.
Eu aprendi a escapar comendo comida chinesa, como eu já falei tem chinês em todo lugar aqui, sabe porque?? Porque surinamês é muito preguiçoso! As lojas abrem às 8h da manhã e ficam no máximo até as 16h. Já os chineses abrem as lojas às 8h e permancem até às 21h. Tem diferença né? Por isso que chinês tem dinheiro, eles trabalham desde pequenos. É comum você ir numa loja e a caixa ser uma chinesa de 10 anos de idade.
Então, voltando as comidas. Chinês come muito arroz e macarrão, aqui chamados de nassi e bami. Dizem que chinês come cachorro por aqui também, eu acho que nunca comi, porque até hoje nunca lati e muito menos uivei, rsrsrsss.
Bami com frango, carne de porco e linguiça.

Nassi com frango, carne de porco, camarão e ovos.
Pra terminar essa parte das comidas vou colocar uma comida que eu acredito ser de surinamês mesmo, o Roti. É como se fosse uma panqueca, só que a massa parece folheada, faz uma trouxinha colocando no meio o frango na massala e alguns legumes e verduras cozidos.


Roti com frango na massala, batata e feijão de corda.

Desigualdade
Como em todos os países, aqui também tem desigualdade social. Os mais pobres geralmente são os negros, a classe que é melhor sucedida aqui no Suriname são os hindustanos.

Não preciso nem comentar né?
O salário do Suriname é muito baixo aos nativos. Pessoas de outra nacionalidade, ainda que façam o mesmo trabalham, recebem mais. A moeda oficial é o SRD Dólar do Suriname. Equivale a mais ou menos 0,50 R$. As moedas são bem valorizadas por aqui. Cada centavinho de troco é pago. Aqui é o país da moeda quadrada. Não pesquisei na net se existem moedas nesse formato em outros países, mas aqui tem. Por aqui circula também o Dólar Americano e o Euro.
Moedas quadradas
No país, que batizei de país das moedas quadradas, existe uma certa tranquilidade. Mas não se engane, assaltos e roubos também acontecem por aqui, além de mortes e assassinatos. Ontem mesmo meu enteado teve a infelicidade de voltar do trabalho pra casa andando, tarde da noite e foi assaltado. Perdeu a bolsa com o passaporte (documento que brasileiro não pode deixar de usar) e as compras que trazia pra casa.
Mas nada que se compare à violência do Rio de Janeiro ou São Paulo por exemplo.
Suriname é um país pequeno, pouco populoso em relação ao Brasil e ainda oferece uma paz que se consegue em poucos lugares no nosso país.

Falar do Suriname foi bem mais fácil do que eu pensei! Ainda tem um monte de coisas pra mostrar, mas vou deixar pra um próximo post... Quem sabe no próximo não consiga uma foto de uma holandesa andando de bicicleta por aqui!?
Bjokitas. Gostou? Comenta!! 

10 comentários:

Mundo Encantado da Educação disse...

Nossa estou assustada realmente com as informaçoes .. mas quero lhe parabenizar pois foi só no seu blog que encontrei informaçoes clara e precisas sobre o país. estou indo com a minha família para morar um ano ai. E tenho duas filhas uma adolescente e uma bebê e não sabiamos nd sobre esse país. obrigado pela informação

Nil Lima da Silva disse...

Nikita, que post legal. Adorei ler, pena que as fotos não abriram, mas eu vou tentar ve-las mais tarde. Deve ser muito complicado viver fora, primeiro é a estranhesa, depois a descoberta, as coisas pra ver e aprender, as dificuldades que devem ser muitas até você se entrosar e ainda com crianças...e por fim o gostar, pelo jeito você tá dominada...rsrsrsrsss. Seus comentários sobre o Suriname são carinhosos e bem tranquilos...Boa sorte pra você e sua famíla nas terras surinamesas.

Nil Lima da Silva disse...

Agora as fotos carregaram e eu vi seus filhos, são lindinhos, o menino tem uma carinha de sapeca...Sabe você devia fazer um blog sobre a sua vida no Suriname, suas primeiras informações foram muito legais.

Nikita Roraima disse...

Apesar da carinha de danado, ele é bem comportado Nil, graças a Deus. Aqui é um lugar realmente bom de viver, eu gosto bastante. Só que existe a tal da saudade!! Mas como amizades, festas e outras coisinhas não enchem barriga e não sustentam meus filhos, melhor é viver afastada com uma vida tranquila, não acha?! Obrigado pela sua visita. Bjokitas

Cantinho Meu Bem disse...

Olá, Hj que reparei que na foto é vc merena, rsrs. Diferente, muito legal!!! Vou conhecendo seu blog devagarr. Como te falei aqui ñ é muito tranquilo. Aí ler fica dificil. Ainda mais pra mim que não sei fazer duas coisas ao msm tempo. E tb na net só entro on. Um irmã me fala, como vc quer fazer algo, on?? Ela fala pra eu ficar off.

Mas tudo bem. Tenho tempo.
Um beijo.

Meu mundo disse...

Oi já cheguei em Paramaribo..nossa estou achando td mt estranho ..ainda não fui a escola pois os nossos documentos ainda não chegaram. Mais gostaria de saber se você conhece algum trabalho social feito por brasileiros aqui no suriname? bjs ficarei feliz se vc me responder.

Kristal disse...

Minha linda, a fama da brasileira é igual em Portugal, e a dos brasileiros é q são vagabundos e arruaceiros. Pior q eles têm razão pq em PT a mulherada que vai p/ lá vai com esta intenção mesma; sinto-me envergonhada mas enfim....
Brasileiro fez a cama agora deita na cama.... Bjs e boa páscoa.

Renata Lobo disse...

Olá Nikita, estava procurando notícias do Suriname e encontrei o teu blog! Parabéns! Pesquisei muito e não encontrei até então nada que chegasse perto das informações que passaste. Tenho muita vontade de conhecer este país e mesmo muitos brasileiros dizendo que é loucura ir para aí, você vem e nos mostra o Suriname que não conhecemos. Parabéns, ficaria muito grata se você postasse mais informações como estas que colocaste. Abraços e parabéns!!!! Sucesso na nova morada.

Nelson Souzza disse...

Olá, Nikita! Gostei muito do seu blog: essência e conteúdo na medida certa. Parabéns pelo excelente trabalho realizado ( esta postagem sobre "Suriname" foi muito representativa)! Desejo-lhe sucesso e prosperidade em 2012. Quando tiver um "tempinho", apareça no meu pequeno espaço; terei o maior prazer em recebê-la! Um abraço!
Literatura&Linguagens

sil disse...

oi, adorei as informações muito realistas,quero saber quanto custa uma casa medis ai? agradecida.

Lista de Blogs:

Meu maior tesouro: Família!

Minha shihtzu:

PitaPata - Personal picturePitaPata Dog tickers

Recadinhos:

Tecnologia do Blogger.