sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Assalto!

O ASSALTO



- Alô? Quem tá falando?
- Aqui é o ladrão.
- Desculpe, a telefonista deve ter se enganado, eu não queria falar com o dono do banco. Tem algum funcionário aí?
- Não, os funcionário tá tudo refém.
- Há, eu entendo. Afinal, eles trabalham quatorze horas por dia, ganham um salário ridículo, vivem levando esporro, mas não pedem demissão porque não encontram outro emprego, né? Vida difícil... Mas será que eu não poderia dar uma palavrinha com um deles?
- Impossível. Eles tá tudo amordaçado.
- Foi o que pensei. Gestão moderna, né? Se fizerem qualquer crítica, vão pro olho da rua. Não haverá, então, algum chefe por aí?
- Claro que não mermão. Quanta inguinorânça! O chefe tá na cadeia, que é o lugar mais seguro pra se comandar assalto!
- Bom... Sabe o que é? Eu tenho uma conta...
- Tamo levando tudo, ô bacana. O saldo da tua conta é zero!
- Não, isso eu já sabia. Eu sou professor! O que eu queria mesmo era uma informação sobre juro.
- Companheiro, eu sou um ladrão pé-de-chinelo. Meu negócio é pequeno. Assalto a banco, vez ou outra um sequestro.. Pra saber de juro é melhor tu ligá pra Brasília.
- Sei, sei. O senhor tá na informalidade, né? Também, com o preço que tão cobrando por um voto hoje em dia... Mas , será que não podia fazer um favor pra mim? É que eu atrasei o pagamento do cartão e queria saber quanto vou pagar de taxa.
- Tu tá pensando que eu tô brincando? Isso é um assalto!
- Longe de mim pensar que o senhor está de brincadeira! Que é um assalto eu sei perfeitamente; ninguém no mundo cobra os juros que cobram no Brasil. Mas queria saber o número preciso: seis por cento, sete por cento?
- Eu acho que tu não tá entendendo, ô mané. Sou assaltante. Trabalho na base da intimidação e da chantagem, saca?
-Ah, já tava esperando. Você vai querer vender um seguro de vida ou um título de capitalização, né?
- Não... Já falei... Eu sou... Peraí bacana... Hoje eu tô bonzinho e vou quebrar o teu galho.
(...um minuto depois)
- Alô? O sujeito aqui tá dizendo que é oito por cento ao mês.
- Puxa, que incrível!
- Incrive por quê? Tu achava que era menos?
- Não, achava que era mais ou menos isso mesmo. Tô impressionado é que, pela primeira vez na vida, eu consegui obter uma informação de uma empresa prestadora de serviço pelo telefone em menos de meia hora e sem ouvir 'Pour Elise'.
- Quer saber? Fui com a tua cara. Acabei de dar umas bordoadas no
gerente e ele falou que vai te dar um desconto. Só vai te cobrar quatro por cento, tá ligado?
- Não acredito! E eu não vou ter que comprar nenhum produto do banco?
- Nadica de nada, já tá tudo acertado!
- Muito obrigado, meu senhor. Nunca fui tratado dessa...
(de repente, ouvem-se tiros e gritos)
- Ih, sujou! Puliça!
- Polícia? Que polícia? Alô? Alô?
(sinal de ocupado...)
- Droga! Maldito Estado: quando o negócio começa a funcionar, entra o Governo e estraga tudo!

Luís Fernando Veríssimo

Olá minhas meninas, meninos, seguidores e visitantes, passando pra deixar essa crônica do Veríssimo e desejar um excelente final de semana pra cada um que aqui passar.
Hoje passei um dia de deprê, não fui à faculdade e chorei bastante de saudades da minha neném. Ontem fui ao cemitério e retirei uma cruz de flores que estava lá desde o ano passado, as rosinhas de tecido permanecem, mas estão muito sujas e então eu trouxe para retirá-las e reaproveitar a armação de ferro pra colocar novas florzinhas. Comprei também uma coroa de flores, com rosas pra colocar lá na sepultura.
Fiz um mini-banner pra colocar na capelinha com uma fotinha dela, chorei todo o tempo enquanto fazia a arte. Vou passar amanhã na gráfica pra mandar imprimir. Tenho que fazer uma limpeza também, o dia dos finados é sempre muito triste e eu não estive no cemitério nessa data nenhuma vez. Esse ano quero estar lá, pois sei que meus amigos podem ir e não me encontrar. Sei que ainda tem alguns dias, afinal ainda estamos no comecinho do mês de outubro né?
 Hoje é o aniversário da minha irmã, tá fazendo 33 anos, fui na casa da mamãe e como sempre fizemos um bolo. Depois do bolinho viemos pra casa. Os olhos ainda ardem do tanto que chorei. A cabeça dói e o coração parece ter passado no liquidificador. Tá estraçalhado. Peço desculpas pela ausência, pelo atraso em responder os e-mail e também em retribuir as visitas.
Aproveito esse momento sem muito ânimo pra dizer que meu afilhado Vini tá iniciando um concurso no blog Palavras de Um Friend onde ele quer saber entre 5 blogs qual é o melhor bloguinho. Por enquanto estamos Larissa e eu. A Larissa também tem um blog bem legal, que fala de Deus, não tem nada melhor do que isso não é não?!? Mas é assim, tem que votar na enquete e se deixar comentário e seguir o blog do Vinicius o indicado ganha mais dois pontos. Eu vou fazer a minha campanha é claro, mas vocês podem escolher à vontade, pois sei que os 5 que o Vinicius colocar para votação serão blogs bem legais. Para votar clique AQUI! Obrigada Vini por fazer parte dos 5 blogs que você gosta. Fico muito contente com seu carinho! Hoje a dinda não tá legal, mas logo ficarei animadinha e entrarei fundo na campanha. Bjokitas a você Vinicius, às afilhadas Ramana e Fabi e a todos os seguidores, visitantes, companheiros, amigos, colegas, admiradores, fãs, bisbilhoteiros, curiosos, etc...

 

5 comentários:

Francicleide disse...

Oh amiga,sei bem como é isso...também passei uns dias muito mal,mas a vida é assim mesmo,a gente cai,levanta,cai de novo e teima em levantar né?Nossos anjos estão ao lado de Deus,mas mesmo assim é difícil de segurar essa barra porque a saudade é muito grande e a dor nunca passa!Fique com Deus,estou rezando por nós!Beijos.

CRIANDO ARTES disse...

problema resolvido amiga, ja esta participando, realmente nao vi seu comentario boa sorte
bjs

Deisi disse...

Oiii floor !
Cmo vaai??
Queroo pedirr um favor !
Entre nesse blog

http://blog-mundo-da-moda.blogspot.com/

e vota na enquete no blog 'CuteCupCake' Obrigada s2 !

Kiss ♥

Carmen disse...

Passei para agradecer a sua indicação do blog, pois surgiu novas amigas,vindas daqui....mas me deparei com este momento difícil de recordações....só posso torcer que vc melhore logo,porém sei que quando temos cicatrizes no coração, as vezes reabrem, sangram e criam "casquinha" de novo...é inevitável!!
Beijinhos e melhoras!!

*Patricia* disse...

O texto é sensacional, um dos melhores que já li, e quanto a vc minha querida, que Deus lhe de o conforto necessario para enfrentar as lutas do dia a dia, bjus...não esqueça é muito amada por todos nós.

Lista de Blogs:

Meu maior tesouro: Família!

Minha shihtzu:

PitaPata - Personal picturePitaPata Dog tickers

Recadinhos:

Tecnologia do Blogger.