quinta-feira, 14 de abril de 2011

A saudade dói demais!!

Oi minhas queridas amigas. Como estão minhas fofuras?
Hoje estou um pouquinho mais triste. Sentindo uma dor que jamais passará. E vejo que algumas pessoas parecem ler meus pensamentos a milhares de kilômetros de distância. Hoje dia 14 de abril é dia de sentir saudade! Há exatos 2 anos e 4 meses atrás sofri a maior perda da minha vida. Algumas já sabem da minha história, pois a publiquei uns dias atrás aqui mesmo no blog. Agora a pouco estava deitada em meu quarto e lembrei dessa data, vim no notebook fazer uma postagem e me deparei com esse comentário:
Querida amiga...Estou emocionada! Os olhos cheios de lágrimas, ofusam as letras do teclado e precisei respirar um pouco pra continuar. Agora sei porque tenho tanto carinho por você, porque ao ver tua imagem, mesmo com um sorriso eu percebia algo diferente,um olhar que expressa talvez o incompreensível! Somos parecidas na dor...minha filha Josianne foi ao encontro de Deus aos 22 anos, em 98.Os anos 13 anos que se passaram, não minimizaram minha dor e em vai amenizar a sua...Nós mães, não somos preparadas para perder os filhos...Sabe Nik, não existe remédio para curar esta dor, mas te peço que quando vier em sua mente avontade de desistir, pensa nos filhos que Deus te concedeu ficar ao teu lado...Eu, consigo através das minhas artes, encher um pouco a cabeça e tento ainda me refazer de um infarto que sofri, ainda este ano...consquência de tanto sofrimento. Coragem amiga, assim como Deus cuida de mim, cuidará de você e saiba que de coração, hoje eu me sinto mais perto de voce... como se pudesse trazer minha filha um pouquinho pra mim...Te gosto muito e vou sempre orar pelo seu coração! Nunca esqueça de mim, pois eu estarei sempre pronta a te ajudar,se possível...Te deixo um beijo carinhoso... não posso me emocionar muito. Sua amiga, Josi
É Josi, mas uma vez posso provar que os sentimentos ultrapassam os limites da internet. Justamente hoje você decidiu ler a postagem onde falo da perda da minha filha. E me mandou essa palavra de fé no exato momento em que eu preciso.
Vou deixar aqui mais uma vez um pouquinho dessa história, pra quem ainda não sabe... Em 14 de dezembro de 2008 minha filha caçula morreu afogada na piscina da minha casa no Brasil. Ela tinha 1 ano e 4 meses. Ainda mamava e era meu xodozinho. Acho que por ela mamar no peito, isso me fazia mais próxima a ela. Quem é mãe sabe do amor incondicional que temos pelos filhos, também sabe que na nossa concepção "filhos não morrem". Mas a vida não é como queremos. Hoje é dia de simplesmente sentir saudade, chorar, recordar... Desesperar não!!! A minha tristeza disfarçada de alegria nem sempre engana a todos. Assim como minha amiga Josi percebeu que havia algo por detrás desse meu sorriso, muitas outras pessoas também percebem. Há as que procuram saber e nos dá conforto e há outras que preferem simplesmente fingir que não enxergam a tristeza. Mas a tristeza existe sim. Ela fica cravada no peito no momento da partida, da despedida, do último beijo e último adeus. A partir daí só nos resta viver com ela e acostumar a sorrir, mesmo quando a vontade é chorar.
Deixo meu carinho aos anjos que surgem pra me dizer "você ficará bem!" pois é exatamente nisso que eu busco acreditar.
Obrigado por tudo, obrigado mesmo.





A marca da saudade! Te amo Julianne Vitória!!


14 comentários:

BLOG DA TIA VÁ disse...

Olá Nikita...li sua história e fiquei comovida,é dificil dizer algo,parece que nessas horas nos foge da mente a palavra certa a dizer, mas confie no Mestre Jesus, não perca a tua fé. Um grande beijo vanessa

Deolinda Gandra disse...

oi NIKITA, me doi tanto quando vejo a sua menina e choro por dentro quando leio a sua historia, eu penso que o meu sofrimento nao é nada em comparaçâo ao seu.Ai amiga quem me dera poder dar-lhe um abraço cheio de amor,para poder lhe aliviar a sua dor. AS vezes gostava de ser DEUS PARA PODER ALIVIAR O SOFRIMENTO DO MUNDO. BJ CHEIO DE FORÇA PARA VOÇÊ E TODA A SUA FAMILIA

Nil Lima da Silva disse...

é Nikita, a sua dor não vai passar, nem a saudade, só a sua luta diaria, o viver um dia de cada vez, é que vai te empurrando pela vida adiante, pelos seus outros filhos, pela sua familia, pela memoria do seu anjinho, e principalmente por você mesma, se manter em pé e seguir adiante apesar do golpe é a tarefa que Deus deu a você.
Muita força na sua luta.
Um abraço.

VANDINHA disse...

Oi Nikita,
Que Deus possa abrandar essa saudade e confortar seu coração. Sinta-se abraçada por mim. Fique com Deus.

Fabi disse...

Oi amiga, como mãe me coloco no seu lugar e fico totalmente sem palavras... Aliás palavras não explicam nossos sentimentos. A única coisa q posso lhe dizer é chore, grite, cante, sorria, faça td "como se não houvesse o amanhã"....E acima de td Ame! hj e sempre! A internet faz algo q jamais imaginariamos a anos atrás q aconteceria, unir pessoas tão distantes, pessoas diferentes, pessoas q nem se conhecem, mas q de alguma forma já fazem parte de nossas vidas, e pode ter certeza, vc já faz parte da minha.

Bjinhus!!! Fique sempre com Deus!

Edna e Marlei disse...

OI AMIGA, ESTOU SEM PALAVRAS, MAS COM OS OLHOS CHEIO DE LÁGRIMAS, MAS TENHA FÉ, DEUS CONFORTARÁ O SEU CORAÇÃO, ESTAREI ORANDO POR VOCÊ, BJUS. MARLEI

Elis disse...

Oi querida, no momento não encontro palavras para escrever este comentário, sua história mexeu muito comigo, mas tenha força, tenho certeza que lá do céu ela esta muito orgulhosa em ter uma mãe como você. Beijokas!!!

Denise David disse...

Sabe, Nikita, minha amiga... Não lido bem com esse assunto, pois tenho certeza de que as minhas palavras são vazias diante de teu sentimento. Não fui eu quem perdeu uma Pérola... Foi vc.
Mas lembre-se tb de que foi à vc que Deus permitiu "ter" essa mesma Pérola tão pertinho pelo tempo que Ele achou que devia.
Espero mt poder te ajudar como puder, não para que vc esqueça, mas para que vc se lembre da "parte boa" de ter tido sua Princesa junto de ti.
Quanto aos seus outros lindos filhos, peço-te que olhe para eles e agradeça ao Senhor, pois algumas mães não tem onde se consolar, nem tem motivo para mantê-las neste mundo, vc tem!
Vc tem um casal belíssimo de filhos que não vai suprir a falta de Julianne, mas vai te dar muitas outras alegrias, amiga.
Um abraço apertado do fundo do coração.
Deus te abençoe e te dê paz.
beijocas.

Inês Andrade disse...

Nikita,hj vc me fez chorar.Não vou mentir para vc, nunca percebi tristeza em vc, mas sentia algo de muito especial em vc, sempre pensei q vc era uma espécie de anjo q quer distribuir amor ao próximo, agora entendo, na realidade vc tem um anjo. Um anjo q está sempre do seu lado não tenho dúvida, que atravéz de vc o vemos. Não sabia da sua triste história e agora te admiro ainda mais por ver em vc uma força q eu não sei se teria, parece q vc quer consolar qdo vc precisa de consolo, vc é uma pessoa maravilhosa. Sou mãe e avó e sei q entendo pelo menos uma pouquinho do q vc passou e passa. Vc tem razão, chore mas não se desespere. Essa dor dói pq sabemos q as pessoas que perdemos nunca mais voltarão, mas nos esquecemos que um dia tb iremos e aí sim as reencontraremos. Portanto, nem a morte nos separa de quem amamos. Fique em Paz amiga querida e se precisar de um ombro amigo, sabe onde me encontrar, meus e-mails estão no meu blog.Fique com DEUS

lili disse...

Oi Nikita

É difícil ter o que dizer ao ver a foto da sua menina. Eu entendo perfeitamente quando diz que as vezes mostramos uma alegria aparente, mas la no fundo estamos escondendo um profunda tristeza, acredite eu sei.
Miga espero do fundo do meu coração que você fique bem na medida do possível, claro é impossível não sentir dor, mas espero que o tempo te ajude de alguma forma. Quando precisar de alguém pra conversar por favor não hesite em me procurar. Um forte abraço fique com Deus

Cantinho Meu Bem disse...

Amiga receba nestas minha poucas palavras o meu abraço. Estamos juntas.

Nunca esqueça disso.

E sorria vai =D vc é meu presente. Eu sabia que Deus te enviaria.

Beijosss!!!

Mimos da Lilika disse...

Nossa, por um momento fiquei em silêncio, sem ter o que falar quando lí esse post. Me deu um aperto no peito, uma vontade imensa de chorar.Amiga te conheço a tão pouco tempo e nesse tempo ví o quando és especial. Saiba que Deus está contigo sempre. Cuidado de vc diariamente. Peço que Deus esteja confortanto o seu coração. Se precisares conversar, estarei aqui sempre! Fique com Deus e que Ele te proteja hoje e sempre. Beijos, Aline.

francicleideazevedo disse...

Oi amiga,vi seu post,nós estamos sofrendo a mesma dor vc sabe, a um mês e 9 dias atrás também ganhei um anjo no céu Fernanda,essa dor não passa e a saudade só aumenta a cada dia.Que Deus nos dê forças amiga para seguirmos o nosso caminho...Beijos.

Dettynha Schabarum disse...

Nikita, é preciso buscar forças aonde a gente menos espera encontrar, com certeza aqui neste mundo virtual encontro muito. E seu sorriso disfarce da saudade que sua alma tem da sua pequena, alegra muitas pessoas daqui. Meu coração também é cheio de saudades, 16 de abril seria niver da minha mãe que ja partiu desse mundo material. E a saudade não acabara nunk, nós sabemos disso, mas precisamos nos enchermos de esperança e vivermos pra alegrar os que ainda estão conosco. Voce é uma pessoa especial em nossas vidas. Te amodoro, garota!

Lista de Blogs:

Meu maior tesouro: Família!

Minha shihtzu:

PitaPata - Personal picturePitaPata Dog tickers

Recadinhos:

Tecnologia do Blogger.