quinta-feira, 7 de abril de 2011

Atirador invade escola Municipal no Rio de Janeiro

Agora a pouco me deparei com essa terrível notícia na televisão. Fiquei chocada ao ver tamanha crueldade e super emocionada ao ver a reacção dos pais ao saberem que seus filhos foram alvejados e estão mortos. Terrivelmente cruel. Abaixo segue a matéria:

O corpo de Welligton Menezes de Oliveira, atirador do ataque à Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, foi retirado por volta das 12h20 desta quinta-feira (7). A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros no Local.
De acordo os bombeiros, 11 pessoas morreram e 18 ficaram feridas.
Sobrevivente conta como foi
Uma das alunas da lembra os momentos de terror na unidade. Aos 12 anos, ela viu o atirador entrar na escola e estava dentro da sala de aula quando ele abriu fogo contra os alunos.
“Ele começou a atirar. Eu me agachei e, quando vi, minha amiga estava atingida. Ele matou minha amiga dentro da minha sala”, conta ela, que afirma que estava no pátio na hora em que Welligton Menezes de Oliveira entrou na escola.
“Ele estava bem vestido. Subiu para o segundo andar e eu ouvi dois tiros. Depois, todos os alunos subiram para suas salas. Depois ele subiu para o terceiro andar, onde é a minha sala, entrou e começou a atirar”, completou.
Atirador diz, em carta, que tinha HIV
O subprefeito da Zona Oeste, Edmar Peixoto, afirmou nesta quinta-feira (8) que Wellington Menezes deixou uma carta em que contava ser portador do vírus HIV. Segundo a Polícia Militar, ele era ex-aluno.
De acordo com o coronel Djalma Beltrami, a carta de Wellington tinha inscrições complicadas. “Ele tinha a determinação de se suicidar depois da tragédia”, contou Beltrami. A carta foi entregue a agentes da Divisão de Homicídios.
Conhecido na escola por ser ex-aluno, ele teria entrado sob alegação de que iria fazer uma palestra. Segundo a polícia ele usou dois revólveres, que chegou a recarregar várias vezes.
Mortos e feridos
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, 11 pessoas morreram e 18 ficaram feridas. O Relações Públicas da Polícia Militar, coronel Ibis Pereira, confirmou que o atirador morreu.
Segundo ele, uma equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) teria sido chamada ao local e trocou tiros com o suspeito.
Funcionária viu crianças feridasUma funcionária da unidade afirmou que viu várias crianças feridas no local. “O cara entrou, foi para o terceiro andar e começou a atirar. As crianças disseram que foi pai de aluno. Vimos muitas crianças carregadas, desacordadas, baleadas”, disse ela, que preferiu não se identificar.
Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/04/corpo-de-atirador-e-retirado-de-escola-atacada-na-zona-oeste-do-rj.html

Atirador mirou nas cabeças das crianças, afirmam médicos

O atirador que investiu contra alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio, atirou diretamente contra as cabeças das crianças. A informação foi passada por médicos do Hospital Albert Schweitzer, que receberam as vítimas do atentado ocorrido na manhã desta quinta-feira. Autoridades confirmaram a morte de 12 alunos e do atirador Wellington Menezes de Oliveira, 24 anos, que se matou com um tiro na cabeça após ser atingido nas pernas por um policial.
Veja localização de escola invadida por atirador
Wellington foi aluno da escola e teria inclusive uma carteirinha escolar. Ele entrou no prédio para um ciclo de palestras de ex-alunos e então abriu fogo contra os alunos da 9ª série. Uma carta explicando as razões do crime foi deixada no local. Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas no ataque.
O vigilante Jaderson Barbosa, 24 anos, passava pela escola e viu uma criança ensanguentada saindo do prédio e pedindo ajuda. Ele entrou no colégio e ajudou a socorrer alguns feridos, levando para o pátio as crianças que estavam caídas pelo chão das salas de aulas.
Atentado
Um homem matou pelo menos dez crianças a tiros após invadir uma sala de aula da Escola Municipal Tasso da Silveira, no Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira. Wellington Menezes de Oliveira, 24 anos, era ex-aluno da escola e se suicidou logo após o atentado. Testemunhas relataram que o homem portava mais de uma arma.
Wellington entrou na instituição disfarçado de palestrante, e as razões para o ataque ainda não são conhecidas. O comandante do 14º Batalhão da Polícia Militar, coronel Djalma Beltrame, afirmou que o atirador deixou uma carta de "teor fundamentalista", com frases desconexas e incompreensíveis e menções ao islamismo e a práticas terroristas. Os feridos foram levados para os hospitais estaduais Albert Schweitzer (que recebeu a maior parte das vítimas) e Adão Pereira Nunes, o Hospital Universitário Pedro Ernesto, o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia e o Hospital da Polícia Militar
Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5052531-EI17958,00-Atirador+mirou+nas+cabecas+das+criancas+afirmam+medicos.html

Sem palavras!!!

11 comentários:

Mayara disse...

Ola. Vim visitar o seu blog. Gostei muito e virei seguidora. A numero 100. Achei o máximo. O seu blog é fofissimo..... Beijossssss

Josinete Beatriz disse...

Tô chocada, Nikita... sem palavras.Bjus.Josi

Fabiana disse...

Sem comentários...Acordei pela manhã e já tive que ouvir esta notícia terrível..e o pior, ter que levar meu filho para a escola depois disso.... Coração na mão!

Fabiana disse...

Sem comentários...Acordei pela manhã e já tive que ouvir esta notícia terrível..e o pior, ter que levar meu filho para a escola depois disso.... Coração na mão!

MIMOS COM CAPRICHO disse...

Oi amadinha...meu blog está sem atualização pois minha vida está uma correriiiiaaa rsss...mas amém!! E seu blog está um luxo...logo logo postarei mais novidades....bjbj fica c Deus...Tati

francicleideazevedo disse...

Olá querida,
fiquei muito chocada com essa triste notícia,passei até mal hoje de manhã (quando vi uma mãe recebendo a notícia da morte de seu filho).Só quem sabe o tamanho da dor de perder um filho é quem passa por ela.Oremos por esses pais,e por essas crianças.Que Deus dê forças a eles e a nós para que possamos seguir o nosso caminho!Fique com Deus.Beijos.

francicleideazevedo disse...

Seu blog tá muito lindo,parabéns!
Beijos.

meu cachixo!!Recomeçar sempre disse...

Não há palavras para descrever tamanha insanidade,rezar muito pelos pais dessas crianças assassinadas!!!Meu SENHOR ,tó assistindo o GLOBONEWS,enquanto escrevo para vc!!!!!!!A gente nem imagina tamanho sofrimento....Fique com DEUS......bjjss Mara Lúcia

Denise David disse...

Infelizmente assisti à essa "coisa" que não tem nome... Só Deus mesmo!!!
Bem, Sou a n° 101!!!
Parabéns, amiga Nikita! Passou dos 100 seguidores!!!
Assim que puder, venha me visitar: http://nisedavid.blogspot.com
Espero vc!!!
Beijocas.

Denise David disse...

Obrigada pela visita e pelos elogios, amiga!
Se sou 100 ou 101 não importa...rsrsrs... O que é legal é que agora sou sua amiga!
Beijocas.
Ah! Se puder me dar dicas de como deixar meu blog mais bonito...agradeço...
Estou começando agora...

Denise David disse...

Sabe, já havia comentado sobre esse post seu. Demorei pra cair na real. Sou carioca e estudei em Escola Municipal por 8 anos. O meu bairro é bem distante de Realengo (onde td aconteceu), mas é o mesmo município. A Escola é parecida com a que eu estudava...Dá arrepios de pensar!
Hoje sou professora do Município de Maricá, tb no Rio. Não sei como entrarei em sala... Deus nos abençoe!!!
Beijos amiga!

Lista de Blogs:

Meu maior tesouro: Família!

Minha shihtzu:

PitaPata - Personal picturePitaPata Dog tickers

Recadinhos:

Tecnologia do Blogger.